As novidades do IRPF 2019

Novidades na declaração do IR de 2019

 

Uma das novidades do Imposto de Renda neste ano é que serão exigidos CPF’s para todos dependentes incluídos na declaração. Em 2017, o CPF havia passado a ser obrigatório para crianças a partir de 12 anos e, no ano passado, a partir de 8 anos.

Além disso, os contribuintes poderão verificar mais rapidamente se há alguma divergência ou inconsistência nas informações prestadas – o que leva as declarações para a “malha fina” do leão.

Quando entram na malha fina, as declarações dos contribuintes ficam retidas para verificação de pendências e eventual correção dos erros. As restituições são pagas somente após a questão ter sido resolvida.

De acordo com a Receita Federal, a expectativa é de que os contribuintes possam verificar, no dia seguinte ao envio da declaração do IR 2019, se há divergências. Mas esse serviço deve estar liberado somente a partir da segunda semana de entrega do Imposto de Renda.

Para saber se está na malha fina, os contribuintes poderão acessar o “extrato” do Imposto de Renda no site da Receita Federal no chamado e-CAC (Centro Virtual de Atendimento).

Para acessar o extrato do IR é necessário utilizar o código de acesso gerado na própria página da Receita Federal, ou certificado digital emitido por autoridade habilitada.